nov 262014
 

Treinar e Desenvolver Pessoas: Despesa ou Investimento?

De que lado você está?

A visibilidade de uma empresa no mercado está diretamente ligada à qualidade de um produto ou serviço oferecido. E o grau de qualificação das pessoas que atuam em prol da organização contribui para tal notoriedade.

Meu objetivo ao escrever este artigo é promover um profundo momento de reflexão junto aos Gestores de Pessoas das empresas no que diz respeito a importância de ter uma equipe bem preparada.

É muito comum ouvir das Lideranças de diversas empresas a insatisfação com relação a performance de suas equipes de trabalho. Ouço coisas do tipo:

  • “Meu pessoal não está preparado…”
  • “Não sei o que fazer, mas minha equipe não consegue entender o negócio da empresa…”
  • “Não agüento mais, minha equipe é apática, não consegue deslanchar. Não sei o que acontece com esse pessoal…”

Após tais comentários, lanço as seguintes perguntas:

“Vocês treinam suas equipes? Vocês têm um Programa de Desenvolvimento na empresa? Vocês pensam em capacitar e/ou reciclar seu pessoal?”

E, eis as seguintes respostas:

  • “Como? Não posso parar a empresa.”
  • “Não tenho condições de tirar o pessoal do posto de trabalho para treinar.”
  • “Não temos tempo para realizar treinamentos…”
  • “O problema é que atrapalha o horário de trabalho…”

Então, se você opta em não desenvolver o seu pessoal, há uma forte tendência de sua equipe continuar:

  • Vendendo errado e sem técnica.
  • Atendendo mal o cliente.
  • Comportando-se de forma inadequada no ambiente corporativo.
  • Deixando de fidelizar o cliente
  • E acima de tudo: Sem engajamento, desqualificada e desmotivada.

Para muitos Líderes, treinar é sinônimo de despesas, custos e perda de tempo. Concordo nesta afirmação quando o treinamento é desfocado, fora de contexto e sem planejamento. Dessa forma caracteriza-se uma despesa sim.

O Treinamento é investimento, no momento em que ocorre a valorização das pessoas, o aprimoramento, planos e objetivos bem pautados e contextualizados.

Preparar o colaborador, desenvolver as competências necessárias para o alcance dos objetivos estratégicos, alinhar a cultura organizacional, criar um canal de comunicação aberto para que todos tenham acesso ao máximo de informação possível. Quanto maior o grau de informação, mais condição a equipe terá de realizar um trabalho correto e com qualidade. E todo este movimento é possível quando há um investimento no desenvolvimento das pessoas.

É possível elaborar e implantar Programas de Treinamento com conteúdo atrativo, dinâmico e eficaz, porém, de modo simples, sem plumas, paetês ou pirotecnias. Aliás, o bom treinamento é aquele que possui qualidade no conteúdo andragógico, alinhado aos objetivos da empresa e de acordo com a cultura organizacional.

Gestores de pessoas, parem para refletir nos benefícios que um treinamento bem focado trarão para o desenvolvimento de seu negócio. Pensem em termos de investimento, nos ganhos na capacitação das equipes de trabalho. Ampliem a sua visão, revejam seus modelos mentais e percebam que conseguirão construir um time coeso, comprometido, atualizado e que domina o negócio da empresa.

Uma equipe despreparada pode levar uma empresa a sofrer danos irreparáveis, porque a suspensão, por exemplo, de um contrato de um cliente por falta de conhecimento do pessoal ou acometimento de repetidos erros de procedimentos no atendimento, pode levar a perdas financeiras e manchar a imagem corporativa. Sua empresa só tem a ganhar quando pratica uma política de desenvolvimento de seu time, uma vez que as pessoas são as responsáveis por movimentar toda essa engrenagem e, acima de tudo, são o espelho da organização.

Treinar é elevar o nível da organização. Investir em treinamento e desenvolvimento é o melhor negócio! Eu acredito! E você de que lado está?

Adm. Verônica de Lyra Maranhão

escrito por Verônica Maranhão

Verônica Maranhão

Coach e Mentor ISOR Executivo, Corporativo e de Carreira com formação pelo Instituto Holos de Qualidade com certificação pelo International Coach Federation – ICF. Consultora em Gestão de Pessoas em diversas empresas de pequeno, médio e grande porte. Especialista em Desenvolvimento de Recursos Humanos, Administradora de Empresas, Docente em cursos de graduação e pós-graduação, Sócia-diretora da Arte Consulting – Gestão de Pessoas, Métodos e Processos.

Comente Aqui!

 Escreva um comentário

(requerido)

(requerido)

Loading Facebook Comments ...